Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH, No 4 (2014)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

MEMÓRIA E TRAJETÓRIA: UMA ANÁLISE A PARTIR DA VIDA DE IRMÃ BENIGNA (1907 – 1981)

Emanuel Castro Costa

Resumo


Com autorização do Vaticano, a Arquidiocese de Belo Horizonte deu início à Causa de Beatificação de Irmã Benigna Victima de Jesus, isto é, iniciou a investigação de sua vida, virtude e fama de santidade. Em vista das movimentações em torno do imaginário devocional, este artigo pretende compreender a importância da memória de Irmã Benigna na trajetória individual e no imaginário popular. Através de relatos de amigos, de testemunhos de graças, bem como das atividades realizadas e organizadas pela AMAIBEN (Associação dos Amigos de Irmã Benigna), buscou-se reconstruir a trajetória da religiosa através da biografia-histórica.

Texto Completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH © 2012 Todos os direitos reservados.