Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH, No 9 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Os romances de Ponson du Terrail no contexto histórico e filosófico da modernidade

Gleyzer Omar Almeida Ferreira

Resumo


A proposta de nosso trabalho é compreender como as ideias iluministas de autonomia do sujeito ajudaram a popularizar a leitura para que se tornasse uma prática individual e solitária, como essa transição mudou os costumes de quem lê e de quem escreve. Entender também como a leitura individual influenciou na escrita de novos estilos literários. Por fim, o objetivo do trabalho é pensar como a leitura se tornou comercial e recreativa, tendo como base de estudos os romances de folhetim, mais especificamente, Rocambole, de Ponson du Terrail, sob a problemática de uma cultura de entretenimento em massa. 

Texto Completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH © 2012 Todos os direitos reservados.