Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH, No 2 (2013)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Reflexões sobre a filosofia da história marxista e hegeliana para a produção historiográfica

Roger Alves Vieira

Resumo


O presente trabalho discute a influência da filosofia da história – nas perspectivas marxista e hegeliana – sobre o trabalho historiográfico, propondo compreender como esta produção se orienta na identificação dos sujeitos de suas narrativas. Discute ainda a contribuição de Raymond Williams e de E. P. Thompson na construção de conceitos que nos permitem visualizar o social sempre como um lugar de tensão e de conflitos, que disputa muitas memórias e muitas histórias.

Texto Completo: Texto Integral

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH © 2012 Todos os direitos reservados.