Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH, No 3 (2014)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A Revista de Filosofia Kriterion e sua interlocução no debate educacional mineiro

Lucimar Lacerda Machado

Resumo


O presente artigo tem como objeto de análise o debate sobre educação e modernização durante a década de 1950 na revista Kriterion. A revista foi criada em 1947 por um grupo de professores da Faculdade de Filosofia de Minas Gerais (UMG), e que, se encontra ainda em circulação, caracterizando-se como uma das mais longevas publicações periódicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A partir do levantamento e análise dos artigos da revista identificou-se um interessante espaço de produção intelectual ainda pouco explorado nas pesquisas no campo da História da Educação. Na análise recortou-se o período de 1947 a 1961, tomando como baliza a data de criação da revista e o momento de aprovação da Lei 4024/61, ano em que se institui a primeira Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira.

Texto Completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Igualitária: Revista do Curso de História da Estácio BH © 2012 Todos os direitos reservados.