Revista Brasileira de Reabilitação e Atividade Física, Vol. 10, No 1 (2021)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

CORRELAÇÃO DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E A PERCEPÇÃO SUBJETIVA DE ESFORÇO DURANTE O YO-YO INTERMITENT RECOVERY TEST LEVEL 1: UM ESTUDO DE REVISÃO

Marcelo dos Santos Bastos

Resumo


Introdução: Numa sessão de treino é importante que estejamos aptos para monitorar com precisão sua intensidade, o que requer por parte dos profissionais da área controlar as cargas de treinamento, assim como, examinar as repostas fisiológicas internas. Objetivo: O intuito desta pesquisa foi avaliar a relação entre a frequência cardíaca e percepção subjetiva de esforço em atletas de futebol de campo e futsal, submetidos ao protocolo Yo-yo Intermitent Recovery test level 1, com base numa revisão de literatura pertinente ao tema. Métodos: Foram selecionados quatro (04) estudos, sendo dois (02) estudos em ambas as modalidades dos quais, tiveram os dados coletados por estes autores, com a finalidade de comparar o comportamento da FCmáx média destes atletas, bem como, o grau de esforço percebido através de uma análise hipotética da FC equivalente ao percentual da FCmáx com a premissa das taxações correspondentes da escala de Borg (6-20). Resultados: Apesar de se confirmar a relação direta e linear entre estas variáveis, foram encontrados resultados distintos nos valores da FC dos atletas, bem como, nas taxações equivalentes da PSE. Conclusão: Existiram fatores que afetaram a FC e PSE, que consistiu na variância da zona de treinamento da capacidade aeróbia recomendada, devido às diferenças individuais de cada atleta.

 

Palavras-chave: Relação, Frequência cardíaca (FC), Percepção subjetiva de esforço (PSE), Yo-yo Intermitent Recovery test level 1, Esportes.


Texto Completo: PDF