Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 11, No 26 (2014)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

POLÍTICAS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO ENSINO BÁSICO EM PORTUGUAL – UMA ANÁLISE FOCADA NO EXERCÍCIOS DA PROFISSÃO

Carlinda Leite

Resumo


Discursos políticos internacionais e discursos académicos têm apontado para a necessidade de uma formação inicial de professores que se amplie para além dos conhecimentos disciplinares tradicionais (TARDIF; LESSARD, 2009; LEITE, 2003, 2010, 2012) e proporcione um contacto precoce e sistemático com a profissão (LOPES, 2009; KORTAGHEN, 2010) de modo a permitir uma forte relação com as situações inerentes ao exercício profissional e com os desafios que a atravessam (NÓVOA, 2009). A par destes discursos, tem sido veiculado o apelo à qualidade (OCDE, 2012, 2013; UNESCO, 2005). É tendo por referência estas ideias que este artigo elege como objetivo analisar o modelo de formação de professores do ensino básico resultante da adequação, em Portugal, aos compromissos de Bolonha. Essa análise é focada nas possibilidades que o modelo oferece para assegurar uma formação profissional que, apoiada numa qualidade social, crie condições para que sejam contemplados os desafios sociais e educacionais deste século XXI. A análise do modelo de formação instituído revela uma estrutura curricular que se afasta de um modelo integrado, separando a formação teórica da formação relativa à prática docente, e que oferece um tempo curto de socialização com a profissão. Ou seja, revela poucas possibilidades de uma formação que se organize no quadro das ideias sustentadas pelos discursos académicos e que seja capaz de concretizar uma qualidade social das aprendizagens, das instituições e da profissão não fechada em critérios economicistas e de pendor neoliberal.

Texto Completo: TEXTO COMPLETO PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre