Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 16, No 42 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Políticas educacionais contemporâneas: o PROUNI na perspectiva de beneficiários

Stivie Sena Leston, Myriam Siqueira da Cunha

Resumo


Este estudo teve como objetivo investigar a experiência vivida por ex bolsistas do Programa Universidade Para Todos (PROUNI). Para isso, adotou-se a abordagem qualitativa e o método fenomenológico hermenêutico como estratégia de investigação. Os dados foram coletados por meio de entrevista em profundidade, realizada em três momentos distintos. Nesse sentido, a primeira etapa teve como foco principal a história de vida dos sujeitos, a segunda levou os participantes a reconstruir detalhes de sua experiência dentro do contexto em que ocorreram, e a terceira e última objetivou estimular os participantes a refletir sobre o significado de sua experiência. Participaram do estudo egressos dos cursos de administração, direito, medicina e psicologia, de uma Universidade Comunitária do Rio Grande do Sul. As evidências foram analisadas por meio de abordagem seletiva, em conjunto com elementos das abordagens holística e detalhada. Nesse processo, utilizou-se como suporte o software Nvivo 10. Após o exame dos dados, percebeu-se que o Programa proporcionou significativa ampliação do acesso à educação superior. Contudo, essa expansão não foi realizada de maneira equitativa, tendo em vista que a oportunidade de escolha dos candidatos mais carentes permanece cerceada. Além disso, há falta de políticas para permanência dos estudantes e baixa qualidade da oferta. Dessa forma, considerando o foco no acesso e a concessão de isenções fiscais às Instituições de Ensino Superior Privadas (IES’P), reflete-se que o PROUNI, na maior parte das vezes, beneficia mais o setor privado lucrativo do que os bolsistas.

Palavras-chave: Política de educação. Educação superior. PROUNI.

Abstract

This study aimed to investigate the experiences lived by ex-students of the University For All Program (PROUNI). For this, a qualitative approach was adopted, with the hermeneutic phenomenological method as the investigation strategy. The data were collected through in-depth interviews, conducted on three distinct moments. The first stage focused mainly on the participant’s life history; the second on the reconstruction of their experience within the context in which it occurred; and the third aimed to stimulate participants to reflect on the meaning of their experience. Participants were graduates from the courses of administration, law, medicine and psychology of a Community University of Rio Grande do Sul. The evidence were analysed by means of selective approach, in addition to elements of holistic and detailed approaches. In this process, the Nvivo 10 software was used as support. After the data were analysed, it was noted that the Program provided significant increase in the access to higher education. However, this expansion was not realized in an equitable manner, as the opportunity to choose by the more poor students remains limited. Aside from that, there is a lack of policies to ensure student permanence and low quality offers. Therefore, considering the focus on access and the concession of tax exemptions for the Private Higher Education Institutions (IESP), one can note that the PROUNI, most of the time, benefits the profitable private sector more than the students.

Keywords: Education policy. Higher education. PROUNI.

Texto Completo: Texto completo

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre