Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 16, No 44 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Uma problematização sobre o conceito de exclusão-inclusão social na obra de Paulo Freire

André Luis Castro de Freitas, Luciane Albernaz de Araujo Freitas

Resumo


Paulo Freire propõe um olhar tanto quanto para as práticas pedagógicas inseridas nos processos sociais como para os próprios processos sociais, tal que se constituam relações pedagógicas em prol da construção de novos saberes e práticas. Nesse contexto, ganha centralidade a vocação do “ser mais”, na qual os sujeitos imersos em sua situação de opressão compreendam seu papel e venham a problematizar a respeito de novas maneiras de viver a sua existência e ao refletirem sobre essas novas formas busquem transformar o meio em que vivem. Fundamentado no pensamento educacional de Paulo Freire, tem-se como intenção, a partir de um estudo descritivo crítico, elencar pressupostos que demonstrem a relevância dos conceitos de opressão e libertação em relação às categorias exclusão e inclusão. Na primeira parte do texto, argumenta-se que os seres humanos ditos excluídos ou marginalizados, são aqueles oprimidos cuja realidade é viver a violência criada por uma estrutura desumanizante. Reflete-se que mesmo ditos marginalizados esses sujeitos fazem parte do próprio sistema de desumanização e não estão fora desse. Na segunda parte, com o foco voltado para a educação, percebe-se não a necessidade de incluir esses sujeitos no modelo de sociedade existente, mas que se faz urgente transformar radicalmente essa mesma estrutura de tal forma que reconhecer esse pertencimento promova aos educandos/oprimidos o exercício de perceberem as suas responsabilidades de ação em prol da humanização no contexto vivido. Sustentado nessas ideias, problematiza-se que os conceitos de opressão e libertação se fazem adequados a discussão em questão, em detrimento do binômio exclusão-inclusão.

Palavras-chave: Educação; Transformação social; Libertação; Pensamento freiriano.

Abstract

Paulo Freire proposes a reflection as much as for the pedagogical practices inserted in the social processes as for the own social processes, such that pedagogical relations are constituted in favor of the construction of new knowledge and practices. In this context, the vocation of being more becomes central, in which the subjects immersed in their situation of oppression understand their role and come to question about new ways of living their existence and reflecting on these new ways of living try transform the environment in which they live. Based on the educational thinking of Paulo Freire, it is intended as a critical descriptive study to define assumptions that demonstrate the relevance of the concepts of oppression and liberation in relation to exclusion and inclusion categories. In the first part of the text, it is reflected that the so-called excluded, marginalized human beings are those oppressed whose reality is to live the violence created by a dehumanizing structure. It is understood that even these marginalized subjects are part of the dehumanization system itself and are not outside it. In the second part, with the focus on education, it is understood not the need to include these subjects in the existing model of society, but that it is urgent to radically transform the same structure in such a way that recognizing that belonging promote the students/oppressed the exercise of realizing their responsibilities of action in favor of humanization in the lived context. Based on these ideas, it is argued that the concepts of oppression and liberation become adequate to the discussion in question, to the detriment of the exclusion-inclusion binomial.

Keywords: Education; Social transformation; Liberation; Freire's thought.

Texto Completo: Texto completo

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre