Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 14, No 37 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A relevância de estudos em representações sociais versados com as pesquisas para a paz no desenvolvimento de uma educação para a paz

Andre Felipe Costa Santos, Clarilza Prado de Sousa

Resumo


RESUMO

O artigo objetivou realizar uma articulação teórica da Teoria das Representações Sociais (TRS) (MOSCOVICI, 2012) com as teorias das Pesquisas para a Paz (TPP) (JAMES, 1985; GALTUNG, 1985: JARES, 2002), aplicadas na investigação e desenvolvimento de uma Educação para a Paz (ONU, 1999). Em uma realidade na qual o fenômeno da violência, das injustiças, das desigualdades sociais e de outras tantas mazelas que constituem a Cultura Belicista (JAMES, 1985) se agravam e comprometem o desenvolvimento da Paz, conforme a Organização das Nações Unidas (1999), Galtung (1985) e outros investigadores, torna-se fundamental ser desenvolvida uma Cultura de Paz. Partindo desse contexto, segundo Gibson (2012), já há nas pesquisas em representações sociais alguns estudos que se dedicam a investigar algumas das muitas problemáticas societais que obstaculizam o desenvolvimento da Paz. Contudo, escassas são as investigações que realizam uma articulação teórico-reflexiva da TRS e com as TPP (SANTOS, 2017). Neste sentido, reconhecendo as potencialidades que as investigações em representações sociais já oferecem em identificar e analisar os elementos culturais que perpassam grupos e sujeitos, apontamos que a TRS se firma como um valoroso instrumento teórico-metodológico para melhor estudarmos as crenças e valores que perfazem a Cultura Belicista, possibilitando, assim, estruturar uma educação pacifista direcionada para cada grupo e sociedade, baseada na Cultura de Paz. Assim, entendendo haver uma multiplicidade de aspectos na interseção da TRS com a TPP para o desenvolvimento da Educação para a Paz, apresentamos três aspectos teóricos de cunho culturalista, da focalização do sujeito e da sua subjetividades e das praticas sociais e três aspectos metodológicos que auxiliam na analise estrutural, dos sentidos e significados e dos elementos dialógicos que perfazem os conhecimentos sociais da Educação para a Paz. Concluindo que a Educação para a Paz, analisada a partir da articulação da TRS e das TPP, constitui-se como um campo investigativo fértil que apresenta uma gama de elementos e dados complexos que merecem ser aprofundados.

PALAVRAS-CHAVE: Representações Sociais; Pesquisas para a Paz; Educação para a Paz; Paz.

Abstract
The article aims to make a theoretical articulation of the Theory of Social Representations (TRS) (MOSCOVICI, 2012) with the theories of Peace Research (TPP) (JAMES, 1985; GALTUNG, 1985: JARES, 2002), applied in Research and development of Education for Peace (UN, 1999). In a reality in which the phenomenon of violence, injustices, social inequalities and many other ills that constitute the Belicist Culture (JAMES, 1985) are aggravated and jeopardize the development of Peace, according to the United Nations Organization (1999) Galtung (1985) and other researchers, it is fundamental to develop a Culture of Peace. From this context, according to Gibson (2012), there are already studies in social representations some studies that are dedicated to investigate some of the many societal problems that hinder The development of Peace. However, there are few investigations that carry out a theoretical-reflexive articulation of the TRS and the TPP (Santos, 2017). In this sense, recognizing the potential that investigations in social representations already offer to identify and analyze the cultural elements that cross groups and subjects, we point out that the TRS establishes itself as a valuable theoretical-methodological instrument to better study the beliefs and values that make up the Therefore, understanding that there is a multiplicity of aspects at the intersection of the TRS and the TPP for the development of Education for Peace, we present three Cultural aspects, the focus of the subject and its subjectivities and social practices and three methodological aspects that help in the structural analysis of the meanings and meanings and the dialogical elements that make up the social knowledge of Education for Peace. Education for Peace, analyzed R of the joint of the TRS and the TPP constitutes a fertile field of investigation that presents a range of elements and complex data that deserve to be deepened.

KEY WORDS: Social Representations; Research for Peace; Education for Peace; Peace.

Texto Completo: DOI10.5935/2238-1279.20170042PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre