Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 18, No 52 (2021)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O Samba e a Educação Étnico-racial nas Aulas de História

Claudia Daiane Garcia Molet, Adriana Duarte Leon

Resumo


Neste artigo, a problemática é analisar o samba como uma estratégia didática para abordar a educação étnico-racial nas aulas de História, do Ensino Médio Técnico Integrado. Os dados empíricos que embasam esta reflexão foram coletados no transcorrer da disciplina de História III, no ano de 2016, e fizeram parte de um projeto de trabalho mais amplo que tinha como foco a historiografia da Primeira República no Brasil. Com base no material coletado junto à turma, foi diagnosticada uma empatia dos estudantes com a temática étnico-racial, a partir de reflexões que ressaltaram a necessidade de se repensar as experiências dos africanos que foram escravizados e de seus descendentes. Nas manifestações dos discentes estiveram presentes as temáticas referentes ao racismo, ao preconceito cultural e à necessidade de uma sociedade igualitária. Por fim, pretende-se, com o presente trabalho, contribuir com atividades pedagógicas que dialoguem com as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-raciais e com a Lei 10.639/03.

Palavras-chave: Educação étnico-racial. Ensino de História. Ensino Médio. História do samba.

Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre