Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 18, No 56 (2021)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A trajetória escolar de idosos da Zona Rural de Minas Gerais e as ações universitárias no resgate da esperança de voltar a estudar

Arthur Meucci, Camila Aparecida Carneiro Fernandes, Bethânia Medeiros Geremias

Resumo


O estudo apresentado revela a trajetória escolar de idosos frequentadores do Programa Municipal da Terceira Idade que são provenientes da zona rural de Minas Gerais e suas expectativas educacionais em relação à Universidade Federal de Viçosa. Utilizou-se como referencial teórico a sociologia de Bourdieu, a teoria do reconhecimento de Honneth e os estudos sobre gerontologia educacional de Cachioni e Lima. Adotou-se uma metodologia qualitativa, no qual foi utilizada a pesquisa bibliográfica, as observações participantes e as entrevistas semiestruturadas com quatro frequentadores do programa ligados a zona rural, com ensino médio completo, reliazadas entre 2017 e 2018. Os resultados demonstram que esses idosos provenientes do meio rural não se reconhecem no direito de usufruírem das atividades universitárias educacionais, mesmo manifestando interesse. A análise do material coletado evidência que, durante suas trajetórias escolares, os entrevistados foram oprimidos pelo sistema escolar. Portanto, este estudo contribui para ressaltar a importância de se aprimorarem as políticas universitárias de inclusão dos idosos campesinos, especialmente em suas demandas educacionais específicas.

Palavras-chave: Gerontologia educacional. Ética na educação. Universidade à Pessoa Idosa. Educação campesina.

Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre