Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 19, No 57 (2022)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Uma leitura crítica das abordagens teóricas sobre o desenho infantil: por uma pedagogia da estética

Alisson da Silva Souza, Mirela Figueiredo Iriart

Resumo


RESUMO
O presente artigo discutirá o percurso histórico das principais abordagens teóricas sobre o desenho infantil. A revisão da literatura foi construída acessando as bases de dados digitais SciELO (Scientific Electronic Library Online), a BDTD (Bibliotecas Digital Brasileira de teses e dissertações), e os textos de autores clássicos, dentre os quais se destacam; Luquet (1969), Lowenfeld (1977 [1954]), Piaget (1976), Mèridieu (2006 [1979]), e MartheBerson (1966 apud Mèridieu 2006 [1979]), Iavalberg (2013) e Vigostki (2014). Assumimos a teoria histórico-cultural como referência para compreendermos a dimensão estética e criativa do desenho na constituição das funções psicológicas superiores. A revisão da literatura apontou que a perspectiva maturacionista abriu um caminho de estudos e pesquisas distintas sobre o desenho infantil. Ao final, trazemos uma reflexão sobre a dimensão expressiva e criativa do desenho, defendendo a necessidade de investimento em práticas pedagógicas que favoreçam o exercício da imaginação, em direção a uma pedagogia da estética.

Palavras-chave: Desenho infantil. Desenvolvimento humano. Educação. Estética.

Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre