Revista Educação e Cultura Contemporânea, Vol. 18, No 53 (2021)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Código universal de cores como alternativa para deficientes visuais

Roberto Cardoso Freire da Silva, Bruna Milam Almeida, Júlio Cezar Augusto da Silva, Luiza Beck Arigoni

Resumo


O presente artigo apresenta os resultados de pesquisa do Código Universal de Cores (CUDC), realizada em 2018, por meio de uma parceria entre o Instituto Nacional de Tecnologia (INT) e o Instituto Benjamin Constant (IBC). A pesquisa exploratória foi realizada com base nas orientações de Tullis e Albert (2008) e teve como objetivo a avaliação do CUDC, como um código alternativo para a leitura e representação de cores, por pessoas com deficiência visual. Durante os testes foram utilizadas diferentes técnicas e instrumentos de coleta, incluindo grupo focal e teste de usabilidade. Os dados foram analisados a partir do método de análise de conteúdo de Glaser e Strauss (1967) e demonstraram resultados positivos, no que tange às possibilidades de uso do CUDC para fins educacionais.

Palavras-chave: Código Universal de Cores. CUDC. Braille. Deficiência Visual. Inclusão.

Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.


Revista Educação e Cultura Contemporânea 2004-2019 | Universidade Estácio de Sá
ISSN online: 2238-1279

A REEDUC encontra-se indexada nas seguintes plataformas:
DOAJ PKP Google Acadêmico Periódicos CAPES
Educ@ Latindex BEE Clase UAM Livre Livre