HÓRUS, Vol. 4, No 1 (2007)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

A PROFISSIONALIZAÇÃO DA GESTÃO E O PROCESSO SUCESSÓRIO NAS EMPRESAS FAMILIARES

Flávio Donizete Camargo, Marlette Cássia Oliveira Ferreira

Resumo


Tanto no Brasil quanto no mundo, as empresas familiares são o tipo de organização que mais predomina, independentemente do seu porte. Algumas talvez nunca cresçam ao ponto de serem
passadas para outras gerações, porém existem outras empresas que passarão por este processo, que aparentemente parece ser fácil mas que, na realidade, é um dos pontos principais para a
sobrevivência e continuidade da empresa. Para que uma empresa seja considerada familiar, ela tem que chegar à segunda geração. Este trabalho aborda a necessidade de se planejar, com antecedência e transparência, o processo sucessório nas empresas familiares. Outro ponto fundamental neste tipo de organização é a forma obsoleta como alguns empresários administram o negócio, ou seja, tomando decisões na base da intuição e não separando o que é do âmbito familiar do empresarial. Portanto, se faz de suma importância a busca de uma gestão mais profissionalizada para que se possa assegurar o desenvolvimento da empresa, principalmente devido à globalização e competitividade do mercado atual, pois as dificuldades de se destacar diante da concorrência e de obter lucros estão cada vez maiores.

Texto Completo: PDF

Revista Horus - ISSN: 1679-9267 - endereço eletrônico: horus@estacio.br