Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 8, No 1 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

PARALISIA CEREBRAL: ITINERÁRIO TERAPÊUTICO NA PERSPECTIVA DO CUIDADOR FAMILIAR E A IMPORTÂNCIA DA FISIOTERAPIA

Patricia Vieira Martins, Silvana Medeiros de Souza

Resumo


A Paralisia Cerebral afeta o sistema nervoso central provocando distúrbios de tônus muscular, postura e movimentos voluntários. O estudo buscou conhecer os itinerários terapêuticos vivenciados pelos pacientes e seus cuidadores familiares na busca do diagnóstico. A investigação deu-se por meio de entrevistas, em profundidade, com quatro cuidadores de pacientes com diagnóstico de paralisia cerebral. De acordo com a coleta de dados e a análise de suas narrativas, observamos que as dificuldades que mais afetam estas famílias são a falta de informação, a ausência de subsídio financeiro e a interação social, dificultando em alguns casos, a aceitação da enfermidade e prejudicando o tratamento de um modo geral. 


Texto Completo: 5357.PDF

Resultado de imagem para latindex