Revista Eletrônica Estácio Saúde, Vol. 8, No 2 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Atuação fisioterapêutica em paciente com polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica: um estudo de caso

Patricia Vieira Martins, Thiago Alves dos Santos

Resumo


A polineuropatia acomete os nervos periféricos resultando em sintomas motores, sensoriais e ou autonômicos. Estes sintomas aparecem de forma predominantemente distais, podendo ser difusos e simétricos. O objetivo deste trabalho foi investigar o papel do fisioterapeuta no tratamento da polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica, identificando as fases de tratamento, verificando se ocorreram resultados e evoluções funcionais relevantes. Abordamos o método descritivo e exploratório, com abordagem qualitativa de um estudo de caso aprofundado. Foram realizados atendimentos na clinica escola Estácio de Santa Catarina e foram utilizados ficha de evolução, prontuário e um questionário semi-estruturado. Observamos alguns resultados consideráveis como na amplitude de movimento, melhora na motricidade fina, melhora na sustentação da posição ortostática, troca de decúbito e ganho de força muscular, onde concluímos que a  intervenção fisioterapêutica realizada por acadêmicos supervisionados no tratamento da polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica tem uma grande importância.


Texto Completo: 5362.PDF

Resultado de imagem para latindex